Palestra: Apropriação do sistema de produção de tipografias digitais: Experimentação e estratégia

A transição da prática do desenho de tipos para o sistema de produção digital possui um caráter único no qual, pela primeira vez em sua história, a atividade foi implementada num sistema inteiramente estrangeiro ao seu campo. Um processo que se alastrou intensamente durante a década de 1990, em consequência da popularização dos computadores pessoais. O caráter único dessa transição, os desafios impostos pelo analfabetismo digital e sua superação através da eventual apropriação do novo sistema pelos designers, foi tema da investigação de 80 estudos de caso de projetos de tipografias experimentais desenvolvidas entre 1991-2012 e publicados pela revista inglesa FUSE. Os resultados desse estudo abrem o debate das estratégias que beneficiaram aqueles pioneiros e que são ainda aplicáveis à implementação de novos sistema de produção ás tipografias digitais hoje.

Letícia Guimarães é professora, designer, pintora, comunicóloga e pesquisadora das relações entre texto e imagem com foco em estratégias criativas aplicados ao design de tipos e tipografia. Atualmente aguarda defesa de tese de doutorado “Appropriation of digital technology by type design practice: A study of projects published by Fuse Magazine”, no Typography and Graphic Communication Department da University of Reading, na Inglaterra. Na qual, a partir de projetos experimentais desenvolvidos entre 1991-2012 e publicados pela revista inglesa FUSE, foram contempladas abordagens, estratégias e soluções usadas por pioneiros do design de tipos digitais durante, possivelmente, o mais intensos período da transição de analógico para digital desta prática.
Mestre em arte pela UFMG (2009) com pesquisa sobre estratégias de aplicação de elemento tipográficos na pintura, em particular, na obra do artista mineiro Arlindo Daibert e seus contemporâneos como Cy Twombly, Antoní Tapiés. Como artista e pintora, tem participações em trabalhos, além de obras em coleções no Brasil, Suíça, Holanda e Inglaterra.